• EN
Você está em: Início >
Informações

Orgãos de Gestão

A Escola Superior de Enfermagem de Santarém dispõe dos seguintes Órgãos de Gestão:

Composição da Assembleia da Escola

1  A  Assembleia da Escola é composta por quinze elementos. 
2  São membros da Assembleia da Escola: 
a) Nove representantes dos docentes e investigadores; 
b) Dois representantes dos estudantes; 
c) Dois representantes do pessoal não docente; 
d) Duas entidades externas da área técnica, científica e profissional da Escola.

3  A proporcionalidade da composição dos membros a que se refere a alínea a) do número anterior, afectos à unidade orgânica, é a seguinte: 
a) Professores de carreira  65%; 
b) Investigadores  10%; 
c) Assistentes  25%. 
4  No caso de não ser possível preencher as quotas previstas nas alíneas do número anterior, as vagas sobrantes são distribuídas, sucessivamente, pelos representantes referidos nas alíneas a), b) e c).

Conselho Directivo

À direcção compete, nomeadamente, dirigir e coordenar as actividades e serviços e promover o desenvolvimento das actividades científicas e pedagógicas da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Santarém.

Constituição Actual

Directora
Isabel Maria Rodrigues Ribeiro Barroso da Silva
Sub-Directora
Hélia Maria da Silva Dias

Conselho Técnico-Científico

Ao conselho científico compete definir as linhas orientadoras e deliberar sobre o desenvolvimento das actividades de ensino e de investigação, elaborar propostas sobre cursos e planos de estudo, homologar os programas das disciplinas e elaborar propostas de alteração ao quadro docente. 
1 - O Conselho Técnico-Científico é constituído por um máximo de vinte e dois elementos, sendo vinte eleitos pelo conjunto dos docentes da Escola a que se referem as alíneas do n.º 2 e dois cooptados nos termos do n.º 5. 
2  Integram o Conselho Técnico-Científico:
a) Professores de carreira da unidade orgânica, em número de catorze;
b) Equiparados a professor em regime de tempo integral com contrato com a instituição há mais de dez anos nessa categoria, em número de dois;
c) Docentes com o grau de doutor, em regime de tempo integral, com contrato de duração não inferior a um ano, qualquer que seja a natureza do seu vínculo à instituição, em número de dois;
d) Docentes com o título de especialista não abrangidos pelas alíneas anteriores, em regime de tempo integral, com contrato com a instituição há mais de dois anos, em número de dois.
3  No caso de não ser possível preencher as quotas previstas nas alíneas do número anterior, as vagas sobrantes são distribuídas, sucessivamente, pelos representantes referidos nas alíneas a), c), d) e b).
4  Quando o número de pessoas elegíveis for inferior ao estabelecido no n.º 1, o conselho é composto pelo conjunto das mesmas.
5  Podem ser cooptados para o Conselho Técnico-Científico